PESCADORES ARTESANAIS COBRAM AGENDAMENTO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA

Em informe, Noticias por Observatório São Francisco do ItabapoanaDeixe um Comentário

Comunidades pesqueiras de Barra do Itabapoana, Guaxindiba, Gargaú e Lagoa Feia dão prosseguimento ao processo de agendamento do pedido da audiência pública

O grupo de pescadoras artesanais e o Observatório foram até a Câmara Municipal de São Francisco de Itabapoana, no dia 7, para exigir o prosseguimento do processo da audiência pública relativa ao assoreamento das entradas e saídas dos rios da região.

O pedido foi protocolado no mês de julho de 2016 com a finalidade do desassoreamento dos canais das bocas de barra dos rios Itabapoana em Barra do Itabapoana e o rio Paraíba do Sul em Gargaú, esse pedido foi feito pelos pescadores das comunidades pesqueiras de Barra do Itabapoana, Guaxindiba, Gargaú e Lagoa Feia.

O grupo foi recebido pelo novo presidente da Câmara, José Pinto, que os encaminhou para falar com o procurador da Câmara, Ricardo Araújo, que desconhecia o fato. Após conversa sobre o objetivo do pedido de audiência pública e mostrados todos os documentos protocolados na Câmara, ficou prometido um agendamento.

Pescadores protocolam audiência pública

Em São Francisco de Itabapoana, pela primeira vez, pescadores artesanais se mobilizam e protocolam uma audiência pública para exigir do poder público providências em relação aos problemas que afetam a pesca artesanal no município.