SEM POLÍTICAS PÚBLICAS, PESCA ARTESANAL SEGUE PREJUDICADA

Em Noticias por Observatório AraruamaDeixe um Comentário

Poluição na laguna de Araruama prejudica o trabalho dos pescadores artesanais

Os pescadores relatam que a laguna começou a ficar como uma lama preta e com cheiro forte de podre, bem diferente da situação anterior quando a água era tão cristalina que era possível achar objetos perdidos na água. Com o aumento populacional, veio também a poluição e a falta de políticas públicas para viabilizar o saneamento básico da cidade e, consequentemente, são os pescadores artesanais os mais prejudicados. Muitos deixaram a pesca para buscar outra fonte de renda, como construção civil e comércio. Hoje, ainda são lançados esgoto in natura na laguna.

Localizada na região dos lagos,  a laguna de Araruama é considerada a mais hipersalina no mundo, por conta das suas condições climáticas, que a precipitação é menor do que a evaporação, é considerada um marco importante para o desenvolvimento dos municípios que são banhados por ela incentivando o turismo e a pesca artesanal.

Em pesquisas realizadas, através de entrevista, com os pescadores artesanais da laguna de Araruama verificamos que nos últimos anos ocorreu um grande crescimento populacional na região e os mesmos perceberam também que a laguna começou a modificar.

Saneamento básico em Araruama

Para minimizar os impactos provocado por essa poluição foi iniciado as obras de saneamento básico na região, sob a responsabilidade da concessionária Águas de Juturnaíba. Como medida emergencial para tentar despoluir a laguna foi instalado nos principais rios que deságuam na laguna um sistema de captação de esgoto denominado “captação em tempo seco”. Esse sistema recebe esse nome por funcionar somente em períodos sem chuva. Esse estilo de captação foi escolhido para a região devido suas características climáticas. Esse afluente captado é direcionado para a Estação de tratamento de esgoto localizado em Ponte dos Leites, onde recebe o tratamento e depois é lançando na laguna de Araruama através dos rios das moças. Esse esgoto tratado por se tratar de uma água com propriedades diferentes da laguna provoca um impacto nas suas características causando até mesmo modificações na dinâmica dos peixes.

Esse modelo de captação continua sendo utilizado até os dias de hoje, mas com o crescimento populacional não está mais comportando o volume de esgoto produzido e outro fator importante é que esse sistema só funciona em dias sem chuva, ou seja, quando chove muito esse esgoto lançado nos rios é levado sem tratamento para a laguna.