PESCADORES DA ILHA DA CONCEIÇÃO RECEBEM COMPENSAÇÃO AMBIENTAL

Em Noticias por Observatório NiteróiDeixe um Comentário

Os pescadores artesanais da Ilha da Conceição recebem seu primeiro Plano de Compensação da Atividade Pesqueira (PCAP)

No mês de março,  foi realizada  a primeira reunião de diagnóstico com os pescadores artesanais da Ilha da Conceição no Cais do Chatão referente ao  Plano de Compensação de Atividade Pesqueira (PCAP) do gasoduto Rota 3  O encontro contou com a presença de sete pescadores artesanais e de membros do PEA Observação. A apresentação foi realizada pela Print Comunicação, consultoria responsável pela execução do PCAP, e ocorreu com o apoio uma projeção de slides sobre a construção do gasoduto ROTA 3 e da maneira como PCAP, condicionante de licença ambiental deste empreendimento, afeta o pescador artesanal da Ilha da Conceição.

Ao longo do ano de 2017, o PEA Observação continuou o acompanhamento de todas as fases do projeto, a partir das reuniões de diagnóstico foram levantadas as principais demandas: 1. construção ou reforma da sede; 2. Fábrica de gelo; 3. Veículo frigorifico para transporte de pescado; 4. curso de qualificação para pescadores: patrão de pesca, motorista de pesca; 5. arrais e mestre amador; 6. curso qualificação profissional em reparos e motores; 7. curso de qualificação de reforma de barcos; e 8. cursos de marcenaria, solda e carpintaria (extensivos à comunidade).

Sede da associação será reformada em 2018

 

A votação final  contou a participação de 19 pescadores artesanais da Ilha da Conceição e que, com 17 votos,  decidiu o que mais atenderia às demandas seria  a “construção ou reforma da sede”. Após esse momento, os pescadores receberam a visita de arquitetos , juntamente com a consultoria Print, para elaboração do projeto da reforma do cais, no último dia 08/12, quando foi apresentada a planta final da reforma do cais do Chatão, em reunião com os pescadores, para implementação em 2018.