OBSERVATÓRIO ARARUAMA ORGANIZA REUNIÃO DE ARTICULAÇÃO

Em informe, monitoramento, Noticias por Observatório AraruamaDeixe um Comentário

Iniciativa organizada pelo Observatório Araruama pode ajudar na identificação e monitoramento de doenças sofridas pelos pescadores.

O Observatório Araruama juntamente aos pescadores locais organizou uma reunião de articulação com alguns representantes do poder público: A Secretaria de Meio Ambiente, Saúde Coletiva, INEA e a Secretaria de Agricultura e Abastecimento em Pesca. O objetivo era responder algumas das perguntas encaminhadas pelos pescadores colocadas em uma recente reunião do Observatório, que contou com a presença do representante da Saúde Coletiva, Charles Barbosa e da Cristiane, da Secretaria de Meio Ambiente. Nesta reunião, foram levantadas algumas questões referente às melhorias da qualidade de trabalho dos pescadores.

Definindo as tarefas e as responsabilidades

Cada setor ficaria responsável pela execução de algumas demandas de acordo com a sua atuação e responsabilidade. A Secretaria de Meio Ambiente ficaria com as questões do estudo da laguna, dragagem e resíduo de peixes, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento em Pesca ficaria com a busca de parcerias e controle de qualidade da pesca, o INEA ficaria com a questão do licenciamento de um ponto fixo da lagoa, para atender às necessidades de trabalho dos pescadores, e a Saúde Coletiva ficaria responsável a saúde do pescador.

Devido a problemas de agenda, o INEA e a Secretaria de Meio Ambiente não puderam comparecer, havendo assim uma mudança na pauta da reunião.

Durante a reunião os pescadores presentes colocaram varias questões que estão atrapalhando sua qualidade e condições de trabalho. Eles colocaram principalmente a questão do entreposto, que iria melhorar consideravelmente suas condições de trabalho, e a questão da aparição de feridas na pele, que podem esta sendo provocadas pela poluição da Laguna. Patricia, representante da Saúde do Trabalhador, colocou que essa questão da doença na pele pode ser resolvida no setor da saúde, onde os pescadores poderão ser atendidos por um dermatologista. O pescador Lúcio ficou encarregado de encaminhar esses pescadores até a instituição. Em relação ao entreposto a secretária de Agricultura e Pesca, Keila Wiviane de Araujo, encarregou-se de encaminhar um ofício para o INEA, órgão responsável pelo licenciamento destes tipos de construções, mas deixou bem claro que esse tipo de pedido não e tão simples de conseguir, pois esbarra em muitas questões e pode não se conseguir imediatamente.

Projeto Saúde e monitoramento

imagem 3Ficou encaminhado nesta reunião uma possível parceria entre a Saúde Coletiva, a Secretaria de Pesca e a Secretaria de Saúde para a realização de um evento onde o pescador teria acesso à realização de exames laboratoriais, sem custo para eles. Este chamado “Projeto Saúde” atenderia também ao objetivo do Observação, pois alguns exames a serem realizados poderiam comprovar a relação de algumas doenças que estão aparecendo nos pescadores como consequência da poluição da laguna, um dos temas de monitoramento do Observatório Araruama.

A reunião foi encerrada com a certeza da importância da organização e diálogo entre os pescadores na busca das soluções de suas demandas. O Observatório, atuando nesse caso como mediador, contribuiu na interação dos pescadores com os setores responsáveis, mas reforçando sempre que são os próprios sujeitos que deverão lutar pelos seus direitos.