MORADORES DO LAGOMAR CONTINUAM COM RISCO DE DESAPROPRIAÇÃO

Em Noticias por Observatório MacaéDeixe um Comentário

Após 15 anos moradores continuam com promessas não cumpridas pelo município

O passar de 15 anos não foi suficiente para que as promessas feitas pelo poder público municipal de Macaé aos moradores da área de amortização (W 30 e MPM) no Lagomar se concretizassem, porém os moradores correm risco de serem desapropriados por conta de um processo judicial movido pelo Ministério Público.

Hoje uma parte do bairro recebe obras que visam regularizar o saneamento básico (água e esgoto) e urbanização, porém não existe sequer uma obra próxima à região que compreende a área de amortização (W 30 e MPM).

Os moradores desta área também sofrem com a ausência de transporte público, pois a empresa se nega a circular por não haver asfaltamento. Moradores relatam que caminham mais de meio quilômetro para utilizar este serviço.

Moradora fala em Audiência Pública

Em Audiência Pública, realizada no dia 08/06/2016, na Câmara de Vereadores de Macaé, a moradora Roberta Viana Rodrigues falou sobre a situação dos moradores da região a ser desapropriada; são mais de 1500 famílias entre 55 terrenos e casas, que chegaram ao local antes da criação do Parque Restinga de Jurubatiba(1998).