GRUPO DE ESTUDOS SOBRE PESCA DO CAMARÃO SETE BARBAS

Em Noticias por Observatório Cabo FrioDeixe um Comentário

 

Reprodução

Reprodução

No dia 24/06/2015 o Observação de Cabo Frio realizou um grupo de estudos sobre a pesca do camarão sete barbas, com base na pesquisa da FAPERJ – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro, de 16 de julho de 2010, e IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, de 13 de abril de 2012, verificamos que espécie do Camarão sete barbas foi a mais representativa dentre os crustáceos explorados pela pesca artesanal marinha no litoral norte do estado, com a produção total anual de cerca de 550 toneladas.

Nas últimas pesquisas o Ministério da Pesca, verificou que a quantidade de camarão sete barbas capturado estava muito elevada comparando com o número de embarcações legalizadas para esta pesca, constatando que a oferta do camarão necessita de maior número de embarcações regulamentadas para o ofício.

O representante da Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura do Estado do Rio de Janeiro, Sergio Medeiros, em reunião com o Observatório de Cabo Frio, Associação de Pescadores de Santo Antônio Cabo Frio, Colônia Z4 e FIPERJ, falou sobre a abertura de novos cadastros de embarcações para receberem a licença para a extração do camarão sete barbas, pela grande oferta do crustáceo no mar, abrindo assim oportunidades para os que já fazem esta pesca por meio ilegal, por não serem cadastrados.

P2020001